Press "Enter" to skip to content

Quem precisa declarar seus rendimentos a Receita Federal?

São obrigados a declarar todos os contribuintes que tiveram rendimento superior a R$ 23.499,15 em 2011, o que corresponde a R$ 1.807,63 mensais. No caso das pessoas com rendimentos isentos, não tributáveis, a soma anual dos ganhos precisa ser superior a R$ 40 mil. O brasileiro sempre deixa tudo para a última hora e como não poderia ser diferente, o mesmo ocorre com o envio da Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física.

Cerca de 45% dos contribuintes ainda não enviaram a declaração, ou seja, 13,6 milhões enviaram as informações, mas ainda falta receber 11,4 milhões declarações.

Se você também deixou para a última hora, confira algumas dicas que poderão ajudá-lo a não perder mais tempo e correr o risco de cair nas garras do Leão e pagar uma multa de pelo menos R$ 165,74.

  • Evite informações incorretas – Preste atenção nas informações e evite erros ou omissões de bens, falta de documentos, etc;
  • Junte todos os comprovantes – Antes de começar, separe cuidadosa e criteriosamente todos os documentos que são dedutíveis, como previdência privada e despesas médicas e educacionais;
  • Simplificada ou completa – O próprio sistema da Receita indica qual é o modo mais vantajoso para o contribuinte. Então, não precisa se preocupar;
  • Atenção aos dependentes – Despesas de dependentes só podem ser declaradas uma vez. Se os pais forem separados somente um ou o outro pode declarar o filho como dependente.

O prazo para envio é até o dia 30 de abril. Para quem investe em ações, uma das principais dúvidas ao fazer a declaração de Imposto de Renda é: completa ou simplificada.

A Receita Federal deixa livre ao contribuinte escolher a melhor forma. Porém, algumas informações são importantes para escolher uma ou outra.

Se você possui algum investimento em fundos, ações, previdência privada ou outra aplicação, especialistas em IR explicam que não existe uma regra.

É necessário, assim, ver ambos e analisar qual é o mais vantajoso, pois depende de cada caso, sobretudo com a variação nas deduções possíveis de serem feitas.

O modelo simplificado é indicado principalmente para pessoas que não possuam muitas deduções previstas em lei. Isso porque nele as deduções vão ser substituídas por um desconto de 20% sobre os rendimentos tributáveis (se o desconto não ultrapassar R$ 13.916,36).

Já se as deduções forem maiores que R$ 13.916,36, o melhor modelo é o completo. Isso porque mesmo que o limite por dependente seja de R$ 1.889,64, as despesas médicas, por exemplo, são deduzidas integralmente, entre outras justificativas.

Procure se informar para poder escolher a melhor maneira de declarar.

Para quem investe em ações, uma das principais dúvidas ao fazer a declaração Receita Federal Imposto de Renda é: completa ou simplificada.

Como Calcular o COFINS?

Muitos brasileiros ainda têm muitas dúvidas em relação ao PIS e COFINS e como se deve calculá-los na sua empresa. Sabendo dessas dúvidas, o nosso tema de hoje será justamente sobre PIS e COFINS. Acompanhe essa matéria e acabe com as suas dúvidas!

Para o administrador de uma empresa, é muito importante saber como realizar os cálculos do PIS e COFINS para poder ter uma relação de custos correta. É através desse valor que ele saberá quanto deve recolher de impostos.

Aqui vamos dar todas as explicações sobre o PIS e COFINS e como realizar o cálculo de suas modalidades cumulativas e não cumulativas.

O que é o PIS?

O PIS, Programa de Integração Social, foi implantado no país para garantir e promover uma maior integração entre o empregado e a empresa privada onde trabalha. Esta integração contribui para o desenvolvimento das empresas privadas e a contribuição do trabalhador com o PIS ajuda a manter programas como seguro-desemprego e abono salarial.

De acordo com o enquadramento da empresa, o PIS é recolhido de formas diferenciadas e possui o Calendário do PIS 2019. Também podem ser classificados como PIS Cumulativo ou PIS Não-Cumulativo.

O que é o PIS Cumulativo e Não-Cumulativo?

O PIS Cumulativo é destinado a empresas que são enquadradas no Simples Nacional, ME (Microempresa) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP). O PIS, nesses casos, está incluído nos pagamentos mensais unificados de contribuições e impostos.

O PIS Não-Cumulativo é debitado pelas empresas sobre o faturamento. Ele pode ser creditado sobre compras e algumas despesas.

Como calcular o PIS?

Saber calcular o PIS e COFINS é muito importante para todos os cidadãos. Calcular o PIS não é tão difícil. Veja a fórmula:

PIS = PV – PC

PV significa PIS sobre as vendas e PC significa crédito sobre as compras.

O que é o Cofins?

O COFINS nada mais é do que a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social. A alíquota é de 3,0%. O fato gerador do COFINS é o auferimento da receita, independente da atividade exercida.

O que é Cofins Não-Cumulativa?

A COFINS não-cumulativa tem como gerador o faturamento mensal. Assim entende-se o total das receitas auferidas pela pessoa jurídica. Isso independe de como ela é denominada ou classificada contabilmente.

A COFINS não-cumulativa apura a contribuição que a empresa debita sobre o faturamento e pode se creditar sobre compras e algumas despesas, devendo ser apurada dessa forma apenas para as empresas tributadas pelo lucro real.

Como calcular o Cofins?

A fórmula para você calcular o COFINS é a seguinte:

COFINS = CV – CC

CV significa COFINS sobre as vendas e CC significa COFINS sobre as compras.

Para calcular o COFINS, as empresas poderão utilizar alguns créditos relativos. Confira alguns:

  • Aluguéis de máquinas e equipamentos pagos a pessoa jurídica e utilizados nas atividades da empresa;
  • Alguma benfeitoria realizada em imóveis próprios ou de terceiros para serem utilizados em atividades da empresa;
  • Frete na operação de venda ou armazenagem de mercadoria.

Continue bem informado através no nosso blog, se estiver com dúvidas deixe o seu comentário.

Como não ter seu benefício social bloqueado?

O Bolsa Família é um programa criado pelo governo federal para dar melhores condições de vida aos brasileiros que vivem em extrema pobreza. Para ter o Bolsa Família 2019 bloqueado, é necessário o descumprimento de algumas regras. É necessário manter sempre o cadastro atualizado e respeitar os prazos com as datas limites. Caso contrário, você pode ter seu Bolsa Família 2019 bloqueado.

Informe-se ainda mais pelo Calendário Bolsa Família

O Bolsa Família básico tem o valor mensal de R$ 77,00 e só tem direito a esse benefício as famílias que vivem em condições de extrema carência, com renda per capita de R$ 77,00.

Criado em 2003, o programa Bolsa Família é o projeto mais bem-sucedido do governo federal. Tem como missão ajudar famílias que vivem na pobreza ou extrema pobreza, sem condições de sobrevivência. Até agora já foram milhares de famílias beneficiadas com esse incentivo do governo.

O Bolsa Família 2019 possui algumas regras novas agora com alguns prazos e datas diferentes, para tornar cada vez mais o programa democrático quanto a sua distribuição de renda. A família que deseja não ter o seu benefício do Bolsa Família 2019 bloqueado precisa ficar atenta.

Como proceder?

Com o Bolsa Família 2019 bloqueado, a primeira providência é aguardar o comunicado do bloqueio feito pelo governo. Esse comunicado é feito geralmente através de carta. Na carta recebida, a família poderá ver todas as informações referentes ao motivo desse bloqueio. Todas as instruções que estiverem na carta devem ser seguidas, caso contrário, o desbloqueio não será realizado.

Você pode recorrer da decisão tomada pelo governo para o seu Bolsa Família 2019 bloqueado.

Se você tiver como justificar o descumprimento das regras, o ideal é fazê-lo o quanto antes. Essa justificativa deve ser feita a mais rápido possível e apresentada no setor responsável pelo programa no seu município.

959220-1018

Para você recorrer dessa decisão de bloqueio, a sua justificativa deve conter a explicação detalhada do porquê desse descumprimento, se foi por algum erro ou algum outro contratempo.

Finalmente, depois de seguir esses passos, você deve realizar a solicitação do desbloqueio.

Como evitar?

Para não ter esse tipo de transtorno e evitar o seu Bolsa Família 2019 bloqueado, é necessário seguir alguns passos. Existem inúmeros motivos para ocorrer o bloqueio. Destacamos os principais passos para você evitar esse bloqueio. Leia algumas dicas:

Atualizar sempre o seu cadastro dentro dos prazos estabelecidos pelo governo

Não mentir em relação a renda per capita das famílias

O Bolsa Família é um benefício pago pela Caixa Econômica Federal. Ela é responsável pelas datas de divulgação desses pagamentos.

O sistema de recebimento do benefício é bem organizado. O pagamento do Bolsa Família é feito de acordo com o final do seu cartão de beneficiário. Esse método foi adotado para evitar as enormes filas causadas nesses dias.

Para sacar o seu benefício é preciso lembrar que você deverá ir pessoalmente com o cartão do benefício e um documento de identidade. Existem algumas opções para fazer esse saque: a própria agência da Caixa e lotéricas vinculadas à Caixa.

Tudo sobre os Impostos de seu veículo

IPVA – É uma sigla dada ao significado imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores. Este imposto foi criado para substituir o seu antecessor, que era chamado de TRU (Taxa Rodoviária Única), taxa que foi criada em 1969 e que também era cobrada anualmente.

O imposto é cobrado anualmente para a existência do veículo, serve como um tipo de identidade do veículo, cuja o valor do imposto varia de estado para estado de 1% a 6% do valor do automóvel da tabela FIPE. O IPVA é cobrado para pessoas que possuem carro ou moto, não só especificamente esses tipos de veículo automotores, porém pessoas que possuem outros tipos de veículos como quadricíclo, embarcações como jetski, lancha, iate e aeronaves te, que ter o licenciamento para ser conduzidos.

Esse artigo foi desenvolvido especialmente para facilitar sua vida e esclarecer todas as questões relacionadas ao imposto estadual caso não domine sobre o assunto. Leia os artigos a seguir e tire todas as dúvidas existentes.

Saiba ainda sobre outro imposto que deve ser pago anualmente por proprietários de veículos automotores, o Seguro DPVAT 2019 RJ.

O que é o IPVA?

O imposto é para ser aplicado ao financiamento dos serviços básicos de que a população necessita como, saúde, educação, segurança, transporte, rodovias, órgãos financiados pela prefeitura e muito mais. Apesar de ser um imposto Estadual, 50% do valor pago é destinado ao município onde o veículo foi licenciado, o vencimento deste imposto varia de estado para estado, mas, normalmente, acontece entre janeiro e março, de acordo com o final da placa de cada veículo.

Basicamente nesta época do ano é o momento ideal para se planejar financeiramente e não se enrolar com os impostos pagos no início do ano, entre eles o IPVA SP. E para quem se planeja bem a melhor opção é quitar logo o IPVA à vista eliminando umas delas, já que neste caso são concedidos descontos bastantes interessante ao proprietário.

Saiba mais sobre o IPVA

A medida é cada vez mais severa, visa impedir que os proprietários de veículos fraudem a lei para pagar impostos mais baratos. Segundo o Departamento Nacional de Trânsito em dezembro de 2005 a março de 2006, 43.000 veículos foram transferidos para outros estados, principalmente para o Paraná, onde o IPVA varia de 1 a 2,5%.

Os donos de automotores também podem fazer consultas por meio da internet e obter as informações que lhe cabem no momento sobre o imposto. Quando à segunda via do IPVA ou DPVAT, é possível acessar o site do Detran do seu Estado e solicitar através da própria internet. Essa segunda via pode ser impressa ou então ser requerida para chegar ao local que você desejar. Veja também sobre o IPVA MG.

Pagamento IPVA

O IPVA é calculado devido o valor de mercado, pela tabela FIPE onde tem os valores dos veículos decorrente do ano que ele foi fabricado e o ano que o veículo circula nas ruas, a cada ano o valor cai por causa dos novos lançamentos de mercado, lembrando que nem sempre o valor do imposto do veículo fica mais barato, o IPVA RJ é baseado conforme a tabela como já foi dita nesse texto.

 

Ao efetuar o pagamento IPVA de sua região à vista, na data solicitada pelo estado para efetuar o pagamento você terá um desconto de no mínimo 3% sobre o valor total do veículo. Outro meio é parcelar em três vezes o pagamento do seu imposto, mas você não terá o benefício do desconto.

Para saber a data de vencimento do seu IPVA acesse o site da Secretaria da Fazendo de seu estado nesse endereço www.fazenda.sp.gov.br. Após está no site clique em ‘Vencimentos’ ao lado esquerdo da tela, no quadro superior de cor cinza.

Depois de ler esse artigo falando sobre o IPVA em geral, espero que o que falamos aqui esteja bem claro para vocês e possa solucionar os seus problemas. Não esqueça de deixar o seu comentário falando o que acho do nosso conteúdo.

Mais de 11 milhões de trabalhadores ainda não fizeram o saque das cotas

Estamos quase chegando próximo do período de recebimento do PIS 2019. Para este ano, o benefício do abono salarial sofreu várias mudanças, devido a novas leis aprovadas pelo Senado Federal. Agora, para receber o PIS, o trabalhador terá que cumprir regras mais rígidas. Confira mais detalhes abaixo:

Apesar de ser um direito do cidadão brasileiro, somente trabalhadores cumprirem todas as novas regras aprovadas pela nova lei, receberão o PIS 2019 no ano presente. Confira os requisitos abaixo e saiba se tem direito em receber:

  • Ter exercido atividade remunerada pelo menos durante 30 dias no ano-base;
  • Esteja cadastrado há pelo menos 5 (cinco) anos no Fundo de Participação PIS/PASEP;
  • Ter recebido até dois salários mínimos de remuneração média mensal no ano-base (2014);
  • Estar relacionado na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), esta é uma obrigação do empregador, que deve enviar dentro do prazo de entrega a RAIS ao Ministério do Trabalho.

Se você preenche os requisitos acima, saiba que tem direito em receber o PIS. Os pagamentos são feitos de acordo com o calendário do PIS 2019 oficial divulgado pela Caixa Econômica Federal. A tabela de pagamento é baseada na data de nascimento do trabalhador, confiar abaixo quando o valor estará disponível para saque. Lembrando que o valor do PIS é equivalente ao salário mínimo vigente em 2019, que é de R$788,00.

Situação do Planeta – Curso de Educação Ambiental

Curso de Educação Ambiental – Assim como a humanidade foi evoluindo e crescendo muito surgirão muitos problemas com relação a natureza. As pessoas deveriam ter essa consciência de que podem ajudar a preservar a natureza, planeta terra.

Muitas pessoas não se preocupam se estão ou não poluindo, se existe maneiras de reciclar aquele material que vai para o lixo, etc.

As empresas já valorizam o funcionário que tem a consciência de preservar o meio ambiente, sustentabilidade e muito mais. Pensando nessa necessidade em que as pessoas têm para querer ficar por dentro deste assunto ou até para o lado profissional o Educa Mais Brasil 2019 criou o curso de educação ambiental que se encontra disponível no site.

Você vai aprender sobre os principais assuntos que são relacionados a educação ambiental, que vão desde Sustentabilidade, poluição do ar e da água, fontes de energia, reciclagem até as principais leis. E também a legislação e as leis de crimes contra a natureza.

Para realizar a inscrição Educa Mais Brasil e participar desse e de outros inúmeros cursos basta que você acesse o site oficial do programa e siga o passo a passo, pois as inscrições estão abertas durante todo o ano.

Veja abaixo os tópicos do curso e perceba que ele abrange tudo que é relacionado a educação ambiental:

Abordagem Inicial

  • A água, o ar e a energia
  • Reciclagem
  • Fauna e Flora
  • Alimentos

São as principais abordagens que você terá que saber para se destacar em sua carreira, empresa e ser muito mais valorizada no ambiente de trabalho.

Prefeitura propõe mudança na cobrança da alíquota de Impostos

Em breve os contribuintes já devem efetuar o pagamento do IPTU 2019. Para facilitar a prefeitura disponibiliza parcelamento ou desconto na cota única do IPTU OSASCO 2019.

Escolha a melhor maneira de você se atuar o pagamento desse imposto e não deixe o mesmo atrás.  Como imposto é obrigatório e anual grande parte dos contribuintes já tem conhecimento da importância do mesmo.

Aqui apresentaremos informações a respeito sobre como emitir a guia de pagamento do IPTU São Paulo, quais são as formas de pagamento e os dados de contato com a prefeitura. Se mantenha informado principalmente para que você possa evitar atrasos e não ter que pagar juros.

IPTU Osasco

O atraso no pagamento também acarreta a perda do desconto oferecido na cota única e opção de parcelamento.  Para quem está com esse imposto atrasado há bastante tempo é importante procurar a prefeitura para fazer uma renegociação.

No atendimento online da prefeitura você consegue emitir a segunda via para quitar o débito. Normalmente o pagamento desse imposto tem início no primeiro semestre do ano. Aproveite também, e informe-se sobre o IPTU Guarulhos 2019!

2 via IPTU

A 2 via IPTU Osasco 2019 poderá ser impressa através do site da prefeitura para quem ainda não têm conhecimento sobre a utilização de serviço instruímos abaixo como funciona.

Antes de iniciarmos as instruções é importante frisar que não há nenhum custo para a emissão deste documento através do atendimento online, portanto, tenha tranquilidade quanto a essa questão.

  • Site da Prefeitura de Osasco: www.osasco.sp.gov.br
  • Você precisa informar o número do CDC e o Exercício;
  • Informe o código da imagem e clique no botão Confirmar;
  • A guia será impressa de acordo com a forma de pagamento escolhida pelo contribuinte.

Emitindo pela internet você consegue selecionar o documento correto para pagamento. Sempre bom se atentar quanto aos prazos, eles são importantíssimos e faz toda a diferença no valor final a ser pago.

Pagamento do Imposto

O pagamento do IPTU Osasco 2019 pode ser feito de duas formas, importante que o contribuinte tenha conhecimento dessa forma de pagamento para que ele possa escolher qual é a melhor para ele.

Se você não sabe quais são as formas de pagamento confira abaixo as informações para você analisar qual se encaixa melhor no seu orçamento:

  • pagamento a vista – cota única – com desconto de 5%;
  • pagamento parcelado – em até 10 vezes – sem descontos e sem juros.

Analise qual dessas opções é melhor e qual se encaixa no seu orçamento familiar.

Prefeitura de Osasco

Se você precisa entrar em contato com a Prefeitura de Osasco obtém abaixo os dados para tal deixamos telefone e também o endereço:

  • Endereço da Prefeitura de Osasco: Av. Juscelino Kubitscheck de Oliveira, 615 – Portal D’oeste Osasco – SP – 06263-270
  • Telefone da Prefeitura de Osasco: (11) 3652-9000

Horário de funcionamento é das 08h às 18h.

Descontos do IPVA até dia 24, para finais de placa 40 a 60

O IPVA – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores é o tributo que deve ser pago anualmente pelos contribuintes, independente da categoria de seus veículos.

O imposto tem a responsabilidade de arrecadação da Secretaria de Estado da Fazenda – SEFAZ AP e também do Departamento Estadual de Trânsito – DETRAN AP.

O cálculo do valor a ser pago pelo contribuinte é feito da seguinte forma: sobre o valor venal do veículo é multiplicada uma alíquota correspondente.

O valor venal de um veículo nada mais é do que o valor normal praticado pelo mercado, considerando pagamento à vista.

Conheça ainda sobre o pagamento do Licenciamento de São Paulo 2019.

No Estado do Amapá os valores de mercado dos veículos usados que são utilizados como base de cálculo são da Tabela FIPE – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas. Já para os veículos novos, adquiridos durante o ano, é utilizado o valor da nota fiscal de compra.

As alíquotas adotadas são de 3% para automóveis, caminhonetes, embarcações recreativas ou esportivas, incluindo jet-ski e aeronaves não destinadas à atividade comercial, 1,5% para ônibus, micro-ônibus, caminhões e motocicletas e 0,5% para aeronaves e embarcações, exceto às não destinadas a atividades comerciais.

Os proprietários de veículos devem estar atentos para a data de licenciamento, fixada para o final de agosto. Após esta data, a Secretaria da Fazenda informa que os carros flagrados com documentos atrasados poderão ser recolhidos ao pátio do DETRAN.

Datas de Vencimento e Pagamento de Impostos Automotivos

Os vencimentos estabelecidos pela SEFAZ e DETRAN no Amapá são os mesmos para todos os finais de placa. O calendário tem início em março e término em agosto.

Os contribuintes têm duas opções de pagamento, sendo:

– Pagamento à vista no vencimento da primeira parcela e desconto concedido de 20%.

– Pagamento parcelado, entre março e agosto, mas sem desconto.

Ao todo, 116 mil veículos estão tributáveis no Amapá. A estimativa de arrecadação é R$ 56 milhões. (Veja quanto vai custar o IPVA de seu veículo).

Consulta no DETRAN e 2 Via

O boleto de pagamento da cota única com desconto de 20% e o da primeira parcela do IPVA será enviado pelos Correios para a casa do contribuinte. A falta de recebimento da postagem, no entanto, não desobriga o proprietário do veículo a pagar dentro do vencimento.

O contribuinte pode consultar o IPVA Amapá 2016 no e SEFAZ e emitir a 2 Via pela internet, sendo necessário informar a placa do veículo e o número do Registro Nacional de Veículos Automotores – RENAVAM.

Consultas sobre Abono podem ser feitas no assistente de voz

Muitas pessoas estão buscando informações sobre as novas regras PIS 2019 para saber o que mudará em relação ao recebimento do benefício conhecido como Abono Salarial. Se você quiser saber tudo sobre as novas regras PIS 2019, é só acompanhar esse post até o final.

De acordo com a Lei nº 13.134/15sancionada em 16 de junho de 2015, novas regras agora fazem parte da Lei 7.998/90 que regula o Programa do Seguro Desemprego e também do Abono Salarial.

Antes de conhecer as novas regras PIS 2019 para saber como o recebimento do abono salarial será afetado, vamos entender melhor o que é esse benefício.

Entenda o que é o Abono Salarial

O Abono Salarial é um benefício anual pago a todos os trabalhadores que estão inscritos no Programa PIS/PASEP.

Para poder receber o Abono Salarial, o trabalhador precisa se encaixar em algumas condições que mostraremos no final desse artigo quando apresentarmos as novas regras PIS 2019, verifique também como ficou o calendário do PIS 2019.

Trabalhadores domésticos, rurais ou urbanos empregados por pessoas físicas, menores aprendizes e diretores sem vínculo empregatício não tem direito ao recebimento do Abono Salarial.

Como receber

Os valores do Abono Salarial podem ser recebidos pelo trabalhador em qualquer agência da Caixa Econômica Federal de acordo com um calendário de pagamentos que é definido pelo CODEFAT (Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador) e divulgado pela própria Caixa.

Os calendários são sempre definidos com base no mês de aniversário dos trabalhadores, mas nem sempre o mês de pagamento é o mesmo do aniversário.

É muito importante ressaltar que o Abono Salarial não poderá ser sacado após o prazo estipulado a cada ano. Se o mesmo não for recebido no período determinado no calendário, o trabalhador perderá o direito ao benefício e seu valor será repassado ao FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Veja o que mudou

Chegou a hora de você conhecer as novas regras PIS 2019 e entender como elas interferem no recebimento do benefício.

Confira quais eram as regras em vigor antes da sanção da lei que mencionamos no início desse artigo:

  • Possuir cadastro no PIS/PASEP há, no mínimo, 5 anos;
  • Ter recebido no ano anterior uma remuneração mensal média de, no máximo, dois salários-mínimos;
  • Ter trabalhado por, no mínimo, 30 dias no ano anterior;
  • Ter seus dados pessoas informados corretamente na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) – quem informa esses dados é o empregador.
  • Cumprindo esses 4 requisitos, o trabalhador receberia como Abono Salarial o valor de um salário mínimo, independentemente do período que havia trabalhado.

As novas regras PIS 2019 mantêm os mesmos requisitos, porém, mudam o valor que o trabalhador recebe.

De acordo com as novas regras, o trabalhador receberá como Abono Salarial 1/12 (um doze avos) do valor do salário mínimo em vigor na data do pagamento multiplicado pelo número de meses trabalhados no ano anterior.

Vale lembrar que a fração igual ou superior a 15 (quinze) dias de trabalho será vista como mês integral para efeitos do cálculo do valor a ser recebido.

Isso significa que, agora, o trabalhador receberá o Abono proporcionalmente ao tempo que trabalhou.

Senac tem 100 vagas em cursos rápidos para empreendedores

Senac RJ 2019 – Quem busca uma nova experiência na carreira profissional poderá encontrar várias oportunidades através do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Em todos os estados brasileiros há unidades que disponibilizam aperfeiçoamento em diversas áreas, de forma gratuita ou paga.

O Senac foi fundado com o intuito de trabalhar com serviços inovadores no qual era oferecer, em larga escala, educação para profissionais destinada à formação e à preparação de trabalhadores para o comércio. O tornando assim referência em educação profissional.

Confira mais informações sobre a atuação do Senac RJ, e verifique a forma de se cadastrar e fazer um curso. Não perca tempo, adquira conhecimento e consiga uma boa colocação no mercado de trabalho.

Há quase 70 anos presente no estado do Rio de Janeiro, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial, Senac RJ, se destaca como papel fundamental para incentivar jovens e adultos a se especializar e buscar melhor qualificação no mercado de trabalho. Pra isso oferece uma gama de cursos distribuídos em várias áreas de atuação.

Senac Rio de Janeiro

Atualmente o Senac Rio de Janeiro possui 38 unidades distribuídas em todo o estado e conta com uma equipe de profissionais treinados e qualificados para melhor disseminar conhecimento. A instituição também possui um papel inovador, quando permite que todos os alunos vivenciem também a prática das áreas de atuação.

São em média 25 mil alunos matriculados no Senac Rio de Janeiro, distribuídos nas demais 38 unidades que a instituição oferece para atender diversas áreas de cursos seja na educação à distância, graduação, pós-graduação, especialização e diversos programas que também são ofertados com o mesmo objetivo. Atuando sempre em horários mais disponíveis para o melhor aprendizado dos alunos os professores do Senac Rio de Janeiro trabalha com determinação, ética e respeito em todas as sedes do estado.

Além do Centro Politécnico e da Faculdade o Senac ainda possui as seguintes unidades:

  • Angra dos Reis;
  • Barra da Tijuca I;
  • Barra da Tijuca II;
  • Barra do Piraí;
  • Barra Mansa;
  • Bonsucesso;
  • Botafogo;
  • Cabo Frio;
  • Campo Grande;
  • Campos;
  • Copacabana;
  • Duque de Caxias;
  • Irajá;
  • Itaguaí;
  • Itaocara;
  • Itaperuna;
  • Macaé I;
  • Macaé II;
  • Madureira;
  • Marechal Floriano;
  • Miguel Pereira;
  • Niterói;
  • Nova Friburgo;
  • Nova Iguaçu;
  • Nova Iguaçu I;
  • Nova Iguaçu II;
  • Paraíba do Sul;
  • Petrópolis;
  • Posto Escola;
  • Resende;
  • Rio das Ostras;
  • Santa Luzia (Cinelândia);
  • Santo Antônio de Pádua;
  • São Gonçalo;
  • São João de Meriti;
  • Teresópolis;
  • Três Rios;
  • Volta Redonda.

Com isso, os cursos Senac possuem papel inovador para mostrar aos alunos como vai ser a prática do curso escolhido dentro de uma empresa e não apenas a teoria. O Senac acredita que é vivenciando a prática do dia a dia de trabalho que os profissionais estarão mais preparados para o mercado de trabalho e que assim possam ter um bom desempenho nas áreas escolhidas. Os valores são passados desta forma: foco no resultado, atitude de dono, meritocracia e paixão por transformar.

Cursos Gratuitos

Os cursos Senac Rio de Janeiro podem ser acessados no site www.rj.senac.br. Eles estão distribuídos nas seguintes modalidades de ensino:

  • Aperfeiçoamento;
  • Aprendizagem;
  • Capacitação;
  • Especialização;
  • Extensão;
  • Graduação;
  • Livre;
  • Palestra;
  • Pós-graduação;
  • Sociocultural;
  • Socioprofissional;
  • Técnico e Workshop.

Em Aperfeiçoamento os cursos mais procurados são os de:

  • Autocad 2D e 3D – Documentação e Projeto;
  • Tratamento de Imagens com Photoshop;
  • Auriculoterapia, Sketchup – Modelagem de Interiores;
  • Fabricação de Massas.

Na modalidade Aprendizagem, estão em destaque os Cursos de Comercial em Serviços Hoteleiros e Comercial em Serviços de Lanchonete. Já em Capacitação, os mais procurados são de Costureiro, Cuidador de Idoso, Agente de Higiene e Beleza Animal, Vitrinista e Cadista para Construção Civil.

Os cursos Senac RJ 2019 ainda estão distribuídos nas seguintes áreas de atuação:

  • Administração e Finanças;
  • Artesanato;
  • Audiovisual;
  • Beleza e Bem Estar;
  • Comércio e Varejo;
  • Comunicação;
  • Artes e Cultura;
  • Design de Interiores;
  • Design de Joias;
  • Design e Games;
  • Educação;
  • Eventos e Lazer;
  • Fotografia;
  • Gastronomia;
  • Idiomas;
  • Informática;
  • Logística;
  • Marketing;
  • Meio Ambiente e Sustentabilidade;
  • Moda;
  • Petróleo e Gás;
  • Recursos Humanos;
  • Saúde;
  • Saúde Animal;
  • Segurança;
  • Serviços Gerais;
  • Tecnologia da Informação;
  • Telemarketing e Turismo;

Em cada uma das áreas citadas acima nesse artigo, o Senac Rio de Janeiro disponibiliza vários cursos para atender vastos perfis de pessoas com interesse nos cursos. Na modalidade de educação à distância também são disponíveis vários tipos de cursos para que os interessados estudem na comodidade de casa ou do seu trabalho. Os cursos dessa modalidade poderão ser acessados através do link que disponibilizamos para você www.rj.senac.br/ead.

Inscrição para Cursos no RJ

Os interessados poderão realizar sua inscrição cursos Senac RJ em qualquer unidade da instituição. E também pelo site do Senac Rio de Janeiro abaixo:

Acesse: www.rj.senac.br .

Para isso precisará identificar, inicialmente, qual a modalidade do curso que deseja, qual o período de estudos, a unidade de preferência e o curso de interesse. Feito isso, será necessário ainda preencher uma ficha cadastral informando os dados pessoais, como:

  • Nome Completo;
  • Sexo;
  • Data de Nascimento;
  • CPF;
  • Tipo de Documento;
  • Número do Documento;
  • Órgão Emissor;
  • Estado Emissor;
  • CEP;
  • Endereço Completo;
  • Número;
  • Complemento;
  • Bairro;
  • Cidade;
  • Estado;
  • DDD;
  • Telefone Residencial;
  • Telefone Comercial;
  • Telefone Celular.

Após acrescentar os dados, e clicar em CADASTRAR, o interessado receberá, via e-mail, um formulário com os dados para poder acessar o site e escolher o curso desejado.

Cursos estes que podem proporcionar ao participante o desenvolvimento de atitudes comportamentais adequadas e preparar o aluno para utilização de recursos avançados e práticos na maioria dos cursos que se encontram no Senac Rio de Janeiro. Por isso é tão concorrida a vaga nos cursos Senac do estado Rio de Janeiro, corra e garanta sua inscrição em curso da instituição onde é recomendado por grandes empresas e pelo governo na formação de um funcionário qualificado, ao acrescentar em seu curriculum um dos cursos Senac portas irão se abrir no mercado de trabalho.

Endereço e Telefone Senac

Todas as informações sobre o Senac RJ e suas unidades poderão ser acessadas no endereço eletrônico citado acima. A Sede da instituição está localizada na cidade do Rio de Janeiro, Rua Marquês de Abrantes, 99 – Flamengo. O telefone para contato é o (21) 2136-5555 ou o (21) 4002 – 2002. Já o E-mail sac@rj.senac.br.

Agora que você já sabe todas as informações sobre os cursos gratuitos Senac RJ 2019, realize já sua inscrição e garanta sua vaga. Não perca tempo, se possuir alguma dúvida deixe um comentário abaixo. Boa sorte!